Marcadores, Por Favor!

Venho expressar meu descontentamento, sei que muitos irão dizer que não é motivo para tal reclamação,
no entanto quem gosta de livros me entenderá.

Há uma semana enviei vários pedidos à editoras, pedi "Marcadores de Livros", pois descobri que
algumas editoras enviam gratuitamente seu marcadores para os leitores. Fiquei felicissima, até que começaram a chegar
os email resposta.
Recebi uma porção de emails, em dois deles a afirmativa é de que os marcadores estão em falta, até então é compreensível,
em outro é que eles enviam esses marcadores às livrarias (interessante é o fato de que na livraria onde compro frequentemente,
os únicos marcadores que recebo são os que poossuem o logotipo da livraria, pergunto-me, onde estão os marcadores que as editoras enviam?,
principalmente da "Imtrínseca"?) e por último recebi emails que diziam que eu devo comparecer a feiras e eventos onde essas editoras expõe-se.

O problema é que, se eu pudesse iria com o maior prazer a feiras de livros, bienais e tudo o mais.
Mas para quem não sabe, tenho PARALISIA CEREBRAL e com isso um comprometimento motor em braço e pernas.
Isso me impossibilita de ir a vários eventos, de sair com a mesma frequência que as demais pessoas saem e um dos meus maiores
hobbies e paixões são os livros, gostaria também de possuir marcadores, colecioná-los, enfim...

Expliquei a situação à duas editoras e não obtive resposta alguma, fiquei decepcionada com o descaso dessas duas editoras.
Pois, compro seus produtos, mas pelo simples fato de não ter condições físicas de ir a um evento deles, perco o direito de receber
um brinde que indiretamente sou eu quem custeio.

(Há pessoas que trocam marcadores, mas o que trocarei se só tenho marcadores com o nome de uma livraria desconhecida?)

Beijos e Mimos.
A garota do blog!





- Escrito por: Fabiana Conceição às: 11h05 |




Livros: Uma Paixão!

Sempre fui o tipo de garota que tive passatempos e hobbies diferentes das demais pessoas,
desde muito cedo desenvolvi uma paixao, um fascínio, na verdade um vício por leitura e os
 livros passaram a ser meus grandes e talvez, melhores amigos.
Provavelmente não serei capaz de informar a quantidade de livros que já passaram por minhas mãos,
adentraram minha mente e tocaram minha alma, no entanto é certo que cada
um deles deixou uma lição e uma experiência em mim.

Há alguns meses atrás li que ler tinha virado "modinha", mas se virou, que ótimo,
pois sem dúvida alguma a leitura é a moda mais benéfica que há na Terra, no Universo...
Não importa o porque você leia, importa que você leia e isso já te trará um bem que será dificil traduzir em meras palavras,
a leitura é transformadora, a leitura te faz crescer, te muda, te adiciona,
agrega coisas que sequer imaginavamos que existia.

E, há alguns dias li a seguinte frase: "Livros são como amigos, não precisa ter muitos, apenas os melhores.",
assim que li isso me identifiquei na hora, pois estou iniciando uma mini biblioteca particular
e eu não tinha em mente enchê-la só para exibir um número excepcional de exemplares,
mas sim ter os livros que realmente tocam-me de alguma forma,
aqueles livros que de alguma maneira trouxeram personagens pelos quais me apaixonei. 
Com essa frase entendi que minha paixão não era mais apenas paixão
(sabendo-se que paixão tem a durabilidade de apenas 2 anos, depois desse tempo acaba ou torna-se amor, as vezes comodismo,
mas isso é assunto para outro post) e sim um amor por livros, por histórias,
por personas que existem (ou não), por um mundo ao qual adentro sem tirar meus pés de dentro de minha casa,
tudo isso me encanta, me fascina, me enche de prazer e satisfação.
Ler é minha maior alegria, me faz ser melhor de algum jeito que só eu e o livro entendemos.

Beijinhos e mimos.
A garota do blog!





- Escrito por: Fabiana Conceição às: 06h43 |




O Retorno, Meu Retorno!

Após 3 anos e 2 meses e 1 semana, estou aqui novamente.
É imensa a alegria de poder escrever e dividir momentos e experiências com vocês.
Volto com mil e uma ideias na mente, uma vontade louca de escrever 100 posts por vez, mas vou devagar
e sempre para que todos nós (vocês e eu) nos readaptemos ao retorno do "Cantinho dos Sonhos",
que por sinal volta cheio de novidades e muitas expectativas, repletinho de coisas a serem compartilhadas.
Prontos para ler os posts e sentirem-se em casa?
Espero que sim, pois as portas do meu "Cantinho" já está aberta para cada um que se propor lê-lo.
                                                                      
Beijinhos e mimos.
A garota do blog!





- Escrito por: Fabiana Conceição às: 16h01 |




Arte de amar

Quando o circo chega, chega com ele a alegria.
Traz consigo um pacote de sorrisos que na hora do espetáculo, será aberto e pintará em cada rosto que presente ali está.
A arte circense é uma das coisas mais belas que há, trabalhar pra fazer o outro sorrir, é a mais respeitável forma de amar.
Então a vocês circenses, vos digo, troquem a frase “respeitável  público” porque hoje no meu coração, respeitáveis são vocês.
Poder fazer tudo aquilo que desafia as Leis Gravitacionais e ainda manter um sorriso puro, ingênuo e repleto de humildade no coração, isso é para poucos.
E esse admirável pessoal possui isso em si.
Voar, transcender os limites da imaginação e da razão humana, fazer um adulto esquecer que cresceu e voltar a ser criança, fazer uma criança amar a infância e deixar de querer ser adulto antes da hora. É isso que esse respeitável e admirável pessoal faz conosco.
Mágicas, globos da Morte (que nos enchem de vontade de viver), tecidos que fazem um bailarino flutuar, moças belíssimas com gestos de ternura, palhaços que nos fazem chorar de tanto rir...Esse é o encantador mundo do circo.
Só dói quando eles se vão e ficamos aqui sem poder vê-los fazendo da vida uma arte respeitável.
Só me resta torcer para que sempre voltem e voltem logo.
Mas também cabe a nós saber que essa alegria deve ser espalhada por todos os cantos desse mundo, desse Brasil, afinal isso é o que vocês fazem de mais lindo e fazem muito bem: espalhar alegria e sorrisos por onde passam.

À vocês circenses, meus parabéns e minha admiração eterna.

(Inspirado e em homenagem ao pessoal do Circo Maxter)





- Escrito por: Fabiana Conceição às: 11h01 |




Mudar!

É preciso compreender que estamos sujeitos à mudanças e isso não nos torna seres volúveis.
Nos torna apenas seres em ascenção, evolução, mutação...

Muitas coisas que eu queria ontem, hoje já não desejo mais.
Mudaram-se meus gostos por filmes, pelos modelos de roupas e até meus gostos musicais.
Quem eu tanto quis um dia, hoje já não satisfaz meu coração (com em outr'ora), isso não me faz ser alguém confusa,
mas alguém que amadureceu e reconhece que tudo na vida muda, tudo na vida passa...

Eu amava cor-de rosa, hoje vejo a graça de todas as cores.
Adorava roupinhas que eu via nas lojas, hoje não consigo ver em vitrine nenhuma o meu estilo exposto.
Minhas paixões mudaram, aliás isso era previsível, paixões são passageiras e das duas hipoteses uma ficará:
ou amamos o que ontem era paixão, ou esquecemos e partimos para outra.
As idéias que defendo não são as mesmas de 5 anos atrás.

Não me trai, não estou me contradizendo,
apenas analisei tudo muito a fundo e vi as verdades que me pertecem.
Mudar de opinião não é auto traição, pelo contrário,
é provar pra si mesmos que somos capazes de entender a vida de uma forma totalmente diferente.
É perceber que somos "vivos" e quem está vivo, muda...
É ter a felicidade de descobrir que temos personalidade própria, e que não pensamos com os conceitos impostos pela sociedade
e que somos totalmente capazes de arrebentarmos as correntes socioculturais.

Eu creio no que eu acho certo, defendo as ideias que me são coerentes,
eu gosto do que me agrada os olhos, o corpo, a mente e o coração.
Detesto modinhas, pré determinações não fazem minha cabeça.
Sou alma livre demais!


Beijos e mimos.
A garoto do Blog.





- Escrito por: Fabiana Conceição às: 11h18 |




Eu Sou...

Aloha!
Sou passageira da vida, pego carona nas situações.
Sou viajante sem destino, vou onde a brisa é mais suave.
Eu não sou parte dos seus sonhos.
Sequer passo perto dos seus pesadelos.
Eu sou descanso para os pés de quem busca uma saída.
Sou o meu próprio caminho, me trilho e me enfio em meio a meu "eu" interior.
Viajo dentro de mim mesma e encontro Nirvanas que não existem no mundo exterior.
Sou um enigma, um mistério, sou alento e acalanto.
Sou a verdade mais doída e face mais negada.
Sou menina mulher destemida, não tenho medo de mim mesma.
Me conheço bem, sei o que desejo e sei o que não quero.
Isso te assusta, te desarma.
Sou paz, sou luz e vibro amor.
Sou aprendiz das verdades do Universo, do ser humano como um todo.
Sou ser em constante aprimoramento, crescimento e mutação.
Eu sou a menina que não estava nos seus planos.

Beijos e mimos
RedGirl
A garota do blog.





- Escrito por: Fabiana Conceição às: 23h15 |




Ela!

Palavras soltas, palavras que transbordam de dentro de um ser que muito cheio está.
Cheio de sentimentos certos, nada controverso, nada em atrito.
As palavras fluem como um manancial.
Sabe-se que poucos sabem de fato quem ela é.
Apesar de haver uma imensidão de sentimentos, palavras, conteúdo...
Poucos são aqueles que ela considera aceitáveis no seu mundo.
Mundo onde portas eram abertas para qualquer um que ali chegasse,
hoje seletivamente entra apenas quem ela considera confiável (até que o contrário seja provado).
A única coisa que sei, é que sobre ela hoje eu muito sei.
Porém, cabe a mim guardar segredo do que sei sobre ela.
E se acaso, um dia ela quiser que você saiba mais sobre quem ela é,
sobre o que pensa e o que tem a oferecer...Isso é uma respondalidade dela e de ninguém mais.
No entanto, posso garantir que sei e de fato sei e possivelmente todos os que "esbarram" por ela na vida
também saibam (ou no mínimo desconfiam), que dentro dela há um turbilhão de pensamentos, sentimentos e palavras.
Por isso talvez, as vezes ela diga que se sente cheia.
Cheia é a palavra que melhor a descreve, ela é simplesmente "cheia".
É isso que posso dizer dela.


Beijos e mimos
RedGirl
A garota do blog.
Paz e luz!





- Escrito por: Fabiana Conceição às: 09h10 |




Faça Paz, Seja a Paz.

Fala-se tanto de ter-se paz, estar em paz, alcançar a paz Mundial e até Universal.
Mas o que fazemos para que isso aconteça?
Sim, porque jogar toda a culpa no sistema é muito simples.
A "paz" tem que ter início dentro de nós.
Você está em paz consigo mesmo?
A "paz" tem que se fazer presente no nosso dia a dia, no nosso círculo de convivência,
na nossa vida de um modo geral.

Pedir paz para o mundo é muito lindo,
entrar em comunidades relacionadas à isso em sites de relacionamentos
é maravilhoso.
Promover centenas de frases pra nossos seguidores falando de paz é fantástico.
Porém, ainda mais lindo, belo e eficaz e fazer isso se aplicar no nosso cotidiano.

Perdoar, amar, fazer o bem sem olhar a quem.
Viver sem preconceitos, tratar todos com igualdade.
Aceitar-se da maneira que é (tem gente que vive em contínuo auto conflito).
Esteja em paz consigo sempre, busque isso incessantemente e então tudo ao seu redor mudará
consequentemente.

Esse é o caminho para a tão sonhada paz universal.
Tente você também.
Paz e luz à todos.

Beijos e mimos.
RedGirl.
A garota do blog.





- Escrito por: Fabiana Conceição às: 12h33 |




Logo Eu!

 Logo eu, sonhadora de mil sonhos. Caçadora fiel de devaneios reais.
Estou aqui agora pensando com meus botões, quem seria capaz de fazer-me ter os pés no chão?
Possivelmente ninguém que eu conheça de verdade, pois meus sonhos - tanto os possíveis, quanto os surreais -
por deveras vezes me tornam quase inacessivel para alguns, para aqueles menos crédulos na vida.

E eu vou sonhando e a cada sonho meus pés se afastam mais do solo da triste e medíocre realidade pré estabelecida
por uma sociedade que crê no papel, mas não crê nos sentimentos bons.
Me afasto de tudo o que é ruim, de tudo o que é hipócrita, sim, me afasto mesmo.
Sem perder o chão, porém distante dele, há milhas e milhas do solo da falta de sonhos.
E assim sou eu, logo eu que sempre acreditei que tudo o que eu penso, pode existir.
Seja hoje e aqui ou ãmanhã e lá...Isso independe, o que importa é que um dia exista tudo o que pensei.
Que exista e se concretize.

Logo eu sonhadora, caçadora de devaneios reais e de desejos surreais.
Estou aqui pensando com meus botões que talvez seja melhor mesmo que ninguém que eu conheça
ou venha conhecer seja capaz de mudar isso em mim.
Pois somente isso, essa incessante busca por meus sonhos e ideais e que me faz ser quem sou.
O que sou? Uma menina, uma moça, uma mulher, uma princesa num reino que eu mesma construi em meu coração.

Beijos e mimos
RedGirl
A garota do blog.





- Escrito por: Fabiana Conceição às: 14h23 |




Aprendiz da Vida! (Eu Sou)

Sou uma pessoa extremamente racional, mas dentro do meu excesso de razão pude aprender que questionar o que sentimos e não vemos (pelo menos não com os olhos da alma) é inteligível.
Jamais questione sentimentos que você sente em demasia, corre-se o risco de você colocá-los em dúvida em relação à existência dos mesmos.
Também, nunca indague o que lhe é inexplicável, pois como dizia o grande poeta e pensador Shakespeare
Há mais mistérios entre o Céu e a Terra do que sonha a nossa vã filosofia.”, e ele estava certíssimo quanto a isso.

É bastante sábio querermos adquirir um vasto conhecimento sobre todas as áreas da vida, porém meus caros, mais sábio ainda é aquele que reconhece qual é à hora de parar.
Pois o conhecimento em excesso causa incredulidade e eis o perigo: a vida perde toda a sua mágica.

Falo-vos por experiência própria, quem muito busca o saber, acaba por não mais crer.
Mas quem volta atrás e aprende a separar o conhecimento adquirido das experiências obtidas no dia a dia, é mais feliz e mais coerente nas suas escolhas do cotidiano.

Creiam em fadas, gnomos, duendes e em todos os seres elementais que possam existir, creiam em anjos, demônios, deuses, Deus, e tudo aquilo que você quiser.
Tudo existe se você crê, independente do que está nos livros, tudo, absolutamente tudo existe.
Você é o criador da sua fé.
Você é dono do seu “saber” e administrá-lo da melhor forma depende unicamente de você.

Absorva conhecimento sobre tudo, mas jamais abandone as raízes da culturas e crenças que um dia alguém em algum momento de sua vida lhe ensinou.

Beijos e mimos.
RedGirl
A garota do blog.






- Escrito por: Fabiana Conceição às: 19h37 |




Só Basta Viver

A melhor forma de entender a vida é deixando as coisas rolar.
Faça o que fizer, haja o que houver, apenas deixe as coisas rolar.
Nunca, em hipotese alguma, tente entender o verdadeiro sentido da vida.
Por um só motivo: a vida foi feita para ser vivida, não para que nós a compreendessemos.

No dia em que temos a infeliz idéia de compreender os "porques" das coisas que nos acontece, a gente tem a infelicidade de ver quantas injustiças,
trapaças, brincadeiras de mal gosto, rasteiras etc e tal acontece conosco e com tantos outros...
É por esse motivo que a atitude mais sábia a ser tomada é deixar rolar.

Parece coisa de adolescente né? Ah, deixa rolar! Mas não é.
Deixe que as coisas simplesmente aconteçam, permita que o tempo seja o dono da situação e que as atitudes sejam displicentes para que as situações nos seja favoráveis.

Quer um romance?
Já dizia a música: Deixa acontecer naturalmente.
Quer um milagre?
deixa o tempo correr, o melhor irá te acontecer.
Quer um emprego?
Vai procurando e se aprimore, na hora certa você encontrará.
Quer um amigo?
Olhe o espelho em primeiro lugar (se você não puder contar consigo próprio, você está numa pior).

E vai deixando as horas passaram, o tempo rolar.
A vida não vai passar por você, você não vai perder oportunidades fantásticas.
O negócio é você "não" simplesmente passar pela vida, mas vivê-la de forma que quando você se fizer ausente, o próprio Universo sinta falta de ti.

E com falta de paciência, desilusões no coração, amargura e sentimento de injustiça
você jamais conseguirá enxergar a dádiva que é saber deixar a vida correr.
Quando você deixa a vida seguir seu curso, você está sendo capaz de saber viver.
Saiba viver cada minutinho que lhe for oferecido por esse mestre chamado tempo,
na hora certas, as coisas exatas e mais fantásticas que existem irão acontecer no sua vida.
E nada é melhor que ser surpreendido pela vida, mas tem que ser uma vida bem vivida.

Beijos e mimos
RedGirl
A garota do blog.





- Escrito por: Fabiana Conceição às: 01h13 |




Pra Você Saber!

Não estava em nenhum dos meus planos
Entregar meu coração assim
Tenho medo que seja um engano
Desses amores que vem, vão e logo tem fim.

Você chegou e meio na brincadeira
Foi me fazendo querer-te por perto
Eu não entendo o que estou sentindo
Mas sei que tem tudo para ser lindo e terno.

Não gosto das horas que não te vejo
Ou os momentos que te vejo distante
Queria ter certeza de que você me quer
Não quero jamais ficar na sua estante.

Acho que você precisa saber
Que algo especial eu estou sentindo
Me beije sem exitar, me ame
E deixa a vida cumprir nosso destino.


(Hoje especialmente para os apaixonados que não se declaram por algum motivo, fiz esse poeminha sem rascunho.
Espero que gostem, foi completamente de improviso.)

Beijos e mimos.
RedGirl, a garota do blog.





- Escrito por: Fabiana Conceição às: 18h12 |




Apenas Uma Carta

Nas entrelinhas do que escrevo e das frases que saem de minha boca, sempre existem centenas e centenas de mensagens subliminares.
E olha que nem é algo proposital de minha parte, quando vejo já escrevi ou falei.
Não sei se me felicito ou me entristeço ao saber que quase ninguém ou ninguém consegue perceber esse quebra cabeça que sou.
As vezes falo coisas serissimas em meio a sorrisos, e logo percebo que você nem de longe consegue entender e jogar essa minha brincadeira de dizer verdades.
E quantas são as vezes que com semblante fechado digo coisas que seriam muito engraçadas se você tivesse o mínimo de percepção e espirito solto para me compreender e interpretar da maneira correta.
É tudo levado ao pé da letra, aí obrigatóriamente sou levada a dizer tudo de maneira direta demais.
Tão direta que sinto que coisas boas, parecem tocar-te como se fosse uma espada a ferir-lhe gravemente.
Eu não sou de meios termos, sou completa, sou por inteiro, mergulho de verdade nas situações que vivo e nas coisas que digo.
Se você não consegue entender meus enigmas, eu nada posso fazer. Cabe à ti me conhecer, mas vou lhe avisando, conhecer-me verdadeiramente exige um certo esforço.

Exige esforço, tempo, boa vontade, lealdade e sinceridade de sua parte.
Pois só com o tempo poderei saber se és mesmo alguém leal aos que em ti confiam, só com tempo conseguirei perceber se há sinceridade em sua alma, em seu ser.
Se bem que, para os desleais e hipócritas não gasta-se muito tempo, pois não conseguem ser leais nem consigo próprios, de maneira que rapidamente se traem e deixam suas máscaras cairem.
Pense bem, se quer me conhecer seja você desde o inicio. Mostre-se desde o "prazer em conhecê-la"...

Um aviso: um deslize e eu deslizo, sou tal qual areia na palma da mão em dias de ventania.
Me trate de forma desleal e em pouquissimo tempo (puff!!!) desaparecerei.
Você poderá até me ver, mas jamais me enxergará.

Essa carta é pra você. Não preciso destiná-la em um envelope, tão pouco expor nome de alguém aqui.
É pra você.
Não há a necessidade de dizer nada além disso, afinal se você se reconheceu aqui, o que posso fazer?

De: Fabiana
Para: Você

Beijos e mimos
A garota do blog.





- Escrito por: Fabiana Conceição às: 00h15 |




Caminhada!

Nesse vasto caminho que é a vida fui encontrando e conhecendoos mais diversos tipos de pessoas.
Pessoas com as quais muito aprendi. Aprendi com aquelas que simpatizam comigo e aprendi ainda com aqueles com o qual não tive um pingo sequer de afinidade.
Nessa jornada que me propus a trilhar (a vida), vim conhecendo gente de todo jeito. Gente boa, gente má, gente feliz, gente infeliz, gente forte, gente fraca, gente verdadeira, gente falsa...

E com cada um aprendi algo, algumas lições aprendi através do amor recebido de um alguém encontrado nesse caminho que trilhei, outras lições só aprendi com aqueles que me feriram de alguma forma.
Tanto com os que me fizeram bem, quanto com os que me causaram danos (todos reparaveis, porque trilho o caminho da vida, me arrenhando e nunca me entregando, pois sou guerreira do mundo de Deus e não me rendo facilmente às feridas ou obstáculos à mim impostos) eu pude tirar uma boa lição que trago comigo até hoje.

Amigos de Passagem: Tive muitos, talvez dezenas ou quem sabe até centenas. São aqueles que chegaram em minha vida, entraram de uma forma surreal me fazendo crer que eu havia ganho um amigo eterno e sairam do meu caminho com a mesma velocidade com que entraram. Num piscar de olhos e eles não estavam mais ali.
Amores e paixões: Amores que eu jurava que seriam eternos, amores que amei das mais diferentes formas (sim, porque não se ama apenas uma vez na vida, somos capazes de amar milhares de vezes, porém de formas totalmente diferentes) e que me trouxeram alegrias, lágrimas, sorrisos e risos e também decepções. As paixões são aqueles que chegam como fogo, incendeiam, ferem, saem feridos, acaba-se e ponto.
Irmãos de caminhada: São aquelas pessoas que nos dam a mão e mesmo que você tropece, não te larga de forma alguma, permanece contigo no Sol e na chuva, nos dias frios e nos momentos de regozijo (esses são raros, quase extintos).

Pessoas que entraram e sairam da minha vida, alguns deixando lágrimas, outros levando um pouco do meu choro. Uns carregando alegrias e deixando lembranças que parecem uma caixinha cheia de fotos de boas recordações de um bom tempo vivido.
Amores diferentes, amores vividos, sofridos, ardentes, intensos, fulgazes, rápidos demais pra deixar saudade e outros tão rapidos que por isso deixaram meu coração saudoso. Amores que trincaram-me interiormente, mas que eu fui capaz de consertar-me, amores que mais parecia coisa de irmão ou até amores de apenas um conhecido...

Pessoas que marcaram minha caminhada de tal forma que me fizeram crescer e ainda fazem, independente se eu os conheci por uma década, por um ano, por um mês, por um dia ou até por uma única hora passada junto. Todos acrescentaram algo em mim, todos deixaram algo de si.
Se foi bom ou ruim o que deixaram em meu caminho?
Isso coube a mim filtrar, as coisas boas apenas cultivei, reguei e fiz multiplicar, as coisas ruins reciclei e aprendi que é justamente o que nunca devo copiar.
Foi com essas pessoas das mais diversas culturas, costumes e estilos que aprendi a me defender, a ser coerente, a falar na hora certa e principalmente ouvir no momento exato.
Com todos os que cruzaram meu caminho aprendi que viver é muito mais que existir, viver é caminhar rumo à felicidade...
Se me arrependo de ter conhecido algum dos que por minha vida passaram?
Seria hipocrisia se eu dissesse que não, porém seria injusto se eu não agradecesse até aos que mal a mim fizeram, pois vocês me ensinaram que devo caminhar de pés descalços nesse chão que é a vida, mas devo também tatear bem o solo antes de colocar meus pés ali.

E cada dia mais e mais gente cruza minha caminhada, cruza num "oi" ou cruza numa história, mas cruza e assim vou vivendo esse lindo caminho que vou construindo a cada novo amanhecer.

Aos que me lêem, não evitem as pessoas, elas são a forma mais presente de Deus na vida de alguém, talvez por isso Ele disse que nos criou à sua imagem e semelhança.
Se me fizeram bem, obrigada pelo exemplo, se me fizeram mal, obrigada por me tornarem mais forte do que eu era antes.

E caminhando eu continuo...talvez eu passe por você!

 

Beijos e mimos
A garota do blog.

 





- Escrito por: Fabiana Conceição às: 20h45 |




Homens & Mulheres ou Homens temendo Mulheres?

Cinco meses sem escrever uma letra sequer. Abandono? Não. É pelo simples fato de que eu apenas me darei o trabalho de sentar em frente ao meu notebook e escrever se o assunto for um tanto quanto POLÊMICO. Cansei de ler inutilidades públicas, aliás isso tem de monte, por isso vim causar tremores de nervoso nos homens e frouxos de risos nas mulheres.

Há cada dia que se passa ouço mais e mais histórias de mulheres das mais diferentes idades, culturas, etnias e classe social.
Todas essas histórias tem um ponto em comum: homens!!!
Aposto que há homens lendo e sorrindo, afinal vou falar de vocês. Vou dizer o quão viril e másculos são os atores da new generation (opa, opa, para tudo. Eu não vou falar isso.)...
Consigo até ouvir um "ahhh..." de desapontamento feminino. E também um "Aew mina do blog, valew ae" de agradecimento masculino.
Sorriam todos, vou falar de todos vocês.

Vivemos numa sociedade que se denomina igualitária, onde as mulheres buscaram os direitos iguais, os homens acham comum e as vezes acham até que é obrigação feminina raxar a conta, afinal lutamos por igualdade, então temos de arcar com seus prós e contras dessa conquista.
Até ai a gente tolera.
As mulheres chefiam casa, trabalham fora, definitivamente conquistaram uma autonomia fora do sério.
Um percentual altissimo de homens admira demais esse tipo de mulher, são mulheres que apesar de assumirem de forma espetacular o que se determinam a fazer, não deixam sua feminilidade de lado.
Okay, okay, até aí, tudo lindo.

Há uns tempinhos atrás, comum era a mulher olhar para o homem, um brilho no olhar dela fazer "triiim" e ela ficar ali, sentada, suspirando, sonhando com o dia em que o mancebo chegaria até sua pessoa e diria o quanto ele a amava. Enquanto isso, ele esperava que essa moçoila estivesse sentadinha no sofá de casa lendo livrinho da série "Bianca".
Num belo dia, ele chegava na tal moça e diria que a amava (mentira), então ele dizia versos que leu numa tirinha de jornal, conseguia o que queria e depois de 15 anos de namoro, ele olha para a moça que já não é mais tão moça (passaram-se os anos) e diz: Amor, você foi maravilhosa comigo, mas eu amo outra.
Eis que ele parte para um lugar qualquer e ela fica a chorar sentada assistindo o primeiro filme que ambos viram no cinema e comendo litros de sorvete (litros, porque nos potes não está escrito quilos).

Muito bom não é rapazes? Bons tempos esses em que vocês chegavam se quisessem, falavam o que queriam, tinham o que desejavam e um dia, cedo ou tarde partiam, tanto no sentido de partir (ida) quanto no partir o coração da moça, que de tão envergonhada resolvia mudar-se dali ou fazer uma longa viagem para a casa dos parentes no interior.

Pois bem, esse tempo acabou!!!
E vocês sabem muito bem disso.

Agora vivemos em dias em que nós mulheres, somos muito auto suficientes e escolhemos tudo o que queremos.
Desde a cor do batom, até a escolha das urnas.
Mas vocês simplesmente não conseguem digerir que uma mulher pode sim chegar em vocês, falar com vocês, ficar com vocês e não querer nada mais do que isso.
Na mentalidade masculina, se uma mulher diz que está afim, ela quer casar-se e ter um belo casal de filhos. Garotos, acordem!!!
Nós nem sempre queremos isso, pelo menos não antes de uma certa idade, que por sinal quanto mais o tempo passa, mais a idade retarda para querermos isso para nós.

Vocês dizem que gostariam muito que as mulheres chegassem em vocês, mas quando isso ocorre nos deparamos com um fato deprimente de um homem dando desculpas e declarações do tipo:
"Não é nada com você, sou eu" e de fato, não é nada com a gente mesmo, porque se terminamos um relacionamento, nós não vivemos em função do que não deu certo, nós mulheres partimos para outra, até que dê certo, casualmente. O problema é que os homens temem ter uma mulher que saiba mais que eles, ter uma mulher que seja capaz de esquecê-lo rapidamente.
Porque, cá entre nós eu sei que vocês sofrem mais por amor que nós.
Ou então dizem: "Estou num momento em que preciso me dedicar a carreira/estudos, não quero deixá-la de lado." Meus "ais" que espécie de pessoa não tem capacidade de administrar tempo para razão, coração, diversão? Cara, para que você esta entre nós? (brincadeira, pode viver, sua mãe te ama).
E tem a última e pior, "Eu te amo, mas você é perfeita demais pra mim". Ah, lógico.Como não pensamos nisso antes amigas? Porque alguém iria querer um par perfeito? Para esse último, a perfeição não é uma meta, ele te ama amiga, mas ele não quer te ferir.

Pra começar, tudo isso que vocês homens nos dizem é MENTIRA, vocês não tem coragem de falar abertamente que tem medo de serem usados por nós e depois largados de lado numa sargeta de dor e lágrimas. Isso provavelmente é reflexo do que nossos precedentes fizeram, nossos antepassados deitavam e rolavam e dependendo da sua idade (leitor) você também fez isso. E agora descobriu que conosco as coisas são diferentes, nós nos apaixonamos sim. Sofremos as vezes. Mas só demonstramos se queremos, não choramos à toa e nos refazemos tão rápido que vocês até costumam dizer que a culpa foi nossa (independente do que seja), é mais fácil culpar-nos do que assumir que somos fortes.

Homens, abram seus olhos. Nós também queremos só curtir as vezes, mas não se preocupem, talvez nós liguemos no dia sequinte.
Mulheres, se vocês ainda acham que um cara que te disse uma dessas frases patéticas e sem fundamento algum merece sua atenção, acordem também...

Não somos mais bonequinhas de cristal, somos bonequinhas, mas hello até a Barbie largou o Ken.
Porque acham que nós meros seres mortais de make up e roupa fashion vamos passar a vida sofrendo pelo o que não deu certo?

Se vocês nos ferirem, nós temos cicatrizantes.
Se vocês se ferem, choram o leite derramado por longos anos.

Desculpem-me, mas vocês tem medo de nós.
Lamentável, porque vocês estão perdendo a vida por medo de viver, medo de se ferirem, medo de sofrer, de tentar.
Viva a vida! Beije, curta, se der certo ótimo. Senão, ah amor, a fila anda pra mim e pra você.
Pra você não tenho tanta certeza, porque provavelmente você estará lamentando o que "não" teve comigo.

As mulheres não estão facéis, só possuem mais atitudes que vocês.
E os homens não estão mais seletivos, só morrem de medo de encarar uma mulher de verdade.

OBS: não estou generalizando, portanto se você retrucar é porque a carapuça serviu baby!


Beijos e mimos
A garota do blog, eu sei que vocês me adoram.





- Escrito por: Fabiana Conceição às: 22h22 |




[ página principal ]